Tamanho do apartamento: o que avaliar para fazer uma boa escolha?

tamanho do apartamento
6 minutos para ler

OO processo de adquirir um imóvel é, sem dúvida, um dos maiores investimentos feitos na vida de qualquer pessoa. Mas, para que o sonho da casa própria seja alcançado, é muito importante pensar a longo prazo e considerar aspectos importantes, como o tamanho do apartamento, visto que provavelmente este será o lar da família por um bom tempo. 

Após assinar o contrato do financiamento imobiliário (se este for o seu caso), não há como voltar atrás. Por isso, para não correr o risco de se arrepender e ter que conviver com as consequências de uma decisão mal pensada, é fundamental considerar fatores como localização, estilo de vida, planejamento familiar, entre outros pontos cruciais.

Continue a leitura deste conteúdo para saber o que é preciso avaliar para fazer uma boa escolha na hora de decidir o tamanho do apartamento!

Considere o tamanho de sua família

Obviamente, o primeiro e mais importante fator a ser considerado é a quantidade de membros na família, pois um dos intuitos de se livrar do aluguel e comprar um imóvel é proporcionar conforto aos seus entes queridos, não é verdade?

Se você já tem filhos, é provável que escolherá um apartamento que não somente tenha a quantidade de quartos que acomode todos da família, mas também seja espaçoso para que a circulação dentro do imóvel seja agradável.

Agora, se a ideia é viver só ou apenas em casal, um apartamento pequeno pode ser a escolha ideal. Mas não se esqueça de que privacidade é algo muito importante para a manutenção da saúde mental. Uma opção de dois cômodos pode proporcionar momentos de individualidade e garantir o bem da relação.

Não se esqueça de seus animais de estimação

As necessidades dos animais de estimação também devem ser priorizadas, já que eles também são afetados pelas condições do ambiente em que vivem. Dependendo da raça e do porte, o tamanho do apartamento pode levar o animal a níveis de estresse prejudiciais à sua saúde.

Para cães de porte grande, o ideal é que o imóvel tenha um quintal para que eles possam ter mais espaço. Já no caso de animais menores, como gatos e cachorros de porte pequeno, o processo de adaptação em apartamentos menores não costuma ser um problema.

Não se esqueça de que não são apenas os bichinhos que sofrerão as consequências se o tamanho do apartamento não for adequado. Cães estressados têm o hábito de latir em horários inoportunos, o que pode acabar incomodando os vizinhos e causar problemas de convivência no condomínio.

Faça um planejamento familiar

Como foi dito no início do artigo, a decisão de investir na compra de um imóvel impactará a sua vida por algum tempo. Sendo assim, é muito importante imaginar como você vai querer viver no futuro.

Mesmo que você goste de viver só, não descarte a possibilidade de, um dia, decidir embarcar em um relacionamento estável. Um apartamento maior pode proporcionar mais conforto, se este for o caso.

Leve em consideração a idade de seus filhos

Ainda no quesito planejamento familiar, a idade dos filhos é um ponto importante a ser pensado na hora de escolher o tamanho do apartamento, já que esse fator pode ser variável.

Por exemplo, no caso de filhos pequenos, é preciso pensar que, da fase inicial da vida à faculdade e o trabalho, levarão muitos anos. Já no caso de filhos adolescentes ou adultos, o tempo até que eles decidam buscar a própria independência é significativamente menor.

É claro que, seja qual for o seu caso, o ideal é sempre priorizar uma opção que tenha quartos para todos da família.

Procure um imóvel adequado ao seu estilo de vida

É importante destacar que embora os imóveis grandes sempre pareçam ser as melhores opções, pelo menos para a maioria das pessoas, existem alguns contras que devem ser levados em consideração, dependendo do seu estilo de vida.

Por exemplo, se você vive só, manter a limpeza e a organização de um apartamento muito grande pode ser uma tarefa trabalhosa. No entanto, é uma ótima opção para quem gosta de receber amigos em casa.

Escolha um imóvel que tenha um tamanho que atenda às suas necessidades, aos seus hábitos e ao seu estilo de vida. Considere o que é essencial para você e para sua família e se baseie nisso na hora de planejar o espaço.

Faça um planejamento para a decoração e a estrutura

Antes de tomar a decisão de comprar o apartamento, faça uma lista com tudo o que você deseja ter na decoração de seu novo lar. Leve em consideração também o tamanho dos móveis que pretende comprar e os que já tem.

Se você desejar ter um escritório para o trabalho home office ou uma pequena biblioteca, é importante colocar em suas buscas que o imóvel tenha um cômodo a mais apenas para essa finalidade.

Se a ideia é ter uma cama king size, é crucial calcular o tamanho do quarto antes de comprar o móvel. Caso contrário, o espaço do cômodo ficará muito apertado para os outros itens, como a cômoda e o guarda-roupa.

Verifique o espaço da garagem

Ainda que você não tenha planos de ter um automóvel no momento, nunca se esqueça de que as coisas podem mudar com o decorrer do tempo. Caso a família cresça e seja preciso adquirir um carro, o espaço da garagem é um dos pontos cruciais nesse processo. Afinal, o tamanho do apartamento abrange também a área externa a ele.

Geralmente, os condomínios oferecem uma ou duas vagas de garagem por apartamento. Verifique se a quantidade de vagas oferecidas atende às suas necessidades.

Como você pôde contemplar neste artigo, quando o assunto é o tamanho do apartamento, é fundamental levar em consideração não apenas o seu estilo de vida e necessidades atuais, mas também projetar cenários futuros e se antecipar para possíveis mudanças de planos. Afinal, esse tipo de investimento é para a vida toda.

Quer ajuda de profissionais experientes para escolher o tamanho do apartamento ideal para você e para a sua família? Então entre em contato com a quadraimob para saber como a nossa equipe pode lhe ajudar a tomar a melhor decisão!

Você também pode gostar

Deixe um comentário